O Storage adequado para dados não estruturados

O Storage adequado para dados não estruturados

Dados não estruturados existem em grandes volumes, mas muitas vezes são semiestruturados com metadados. As estimativas sugerem que mais de 80% das informações corporativas são dados não estruturados.

Isso pode causar dores de cabeça para quem precisa gerenciar, organizar e manter todos os dados seguros. Uma pesquisa, encomendada pela Igneous, apontou que 82% dos entrevistados gerenciam um bilhão ou mais de arquivos e objetos. De fato, impressionantes 59% dos entrevistados gerenciam mais de 10 bilhões de arquivos.

Dados não estruturados são, em geral, todos os dados e informações que não possuem um modelo de dados predefinido. Em termos práticos, para TI isso significa informações que estão fora de um banco de dados relacional ou armazenadas fora de um ambiente de aplicativo, como um ERP ou um sistema de recursos humanos (HR) que roda sobre um banco de dados.

No entanto, um volume crescente de informações pode ser melhor descrito como semiestruturado. Embora esses dados não sejam mantidos em um banco de dados, existem algumas estruturas, principalmente em seus metadados.

E, como a tecnologia – incluindo o armazenamento de objetos – permite metadados mais ricos, os limites entre informações estruturadas e não estruturadas podem se tornar mais nítidos.

O CONTEXTO DOS DADOS NÃO ESTRUTURADOS

As informações corporativas são, na maior parte, geradas por sistemas ou por pessoas. É mais provável que os dados dos sistemas sejam estruturados. Um número de pedido criado por um sistema de vendas e armazenado em um banco de dados é um exemplo típico.

Já os dados não estruturados são frequentemente criados por pessoas. Um e-mail de uma equipe de vendas confirmando que o pedido não estava estruturado, assim como uma mensagem de mídia social ou mensagem de voz reclamando que o pedido estava atrasado.

Os dados também podem passar de não estruturados a estruturados e vice-versa durante o ciclo de vida da informação. Uma empresa que vê um aumento nas reclamações de entrega pode combinar metadados de fotografias de clientes com informações de rastreamento geográfico de veículos de entrega em uma ferramenta de Business Intelligence.

Lidar com essa variedade de tipos de registros muito comumente gera uma série de problemas para as equipes de TI. Isso explica a forte tendência de empresas procurarem formas de moverem mais dados – ou pelo menos metadados – para formatos estruturados.

Os motivos incluem melhor segurança e conformidade, bem como melhor desempenho dos sistemas. Construir mais controle sobre os dados é cada vez mais importante, à medida que as organizações coletam e armazenam volumes cada vez maiores de informações.

ESCOLHENDO O TIPO DE STORAGE MAIS ADEQUADO

O armazenamento na nuvem é uma opção atraente para pelo menos alguns tipos de dados não estruturados. A nuvem é adequada para informações que precisam ser acessadas com pouca frequência. Um bom exemplo de tipo de dado que já muitas empresas já migraram para o armazenamento em nuvem pública são as informações que precisam ser arquivadas, normalmente por conta de obrigações legais, por longos períodos e que raramente são acessadas.

As empresas que precisam manter registros de longo prazo podem usar o baixo custo da nuvem por gigabyte, pagando apenas taxas de recuperação pelos dados de que precisam ou em um cenário de recuperação de desastre ou investigação forense. O armazenamento de dados a longo prazo também é capaz de lidar com as defasagens de desempenho que podem vir com o uso da nuvem pública.

Para dados semiestruturados, a nuvem é atraente devido ao uso de Object Storage.

Com dados semiestruturados, o valor das informações pode estar tanto nos metadados quanto nos dados em si. Como os armazenamentos do tipo Object Storage podem distribuir dados e metadados em vários locais, eles criam a perspectiva de pesquisas rápidas e localizadas de metadados, enquanto obtêm as economias de escala da nuvem para o grande volume de dados brutos.

Para conhecer em mais detalhes o trabalho da ASSET IT com infraestrutura de Storage, clique aqui:
https://www.assetit.com.br/ibm-systems-storage/

Este artigo foi baseado no texto ‘Storage 101: Unstructured data and its storage needs’, publicado originalmente no site ComputerWeekly.com

VEJA TAMBÉM

O Storage adequado para dados não estruturados

Dados não estruturados existem em grandes volumes, mas muitas vezes são semiestruturados com metadados. As estimativas sugerem que mais de 80% das informações corporativas são dados não …

COMPARTILHE ESTE ARTIGO

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no print
Compartilhar no email

DISASTER RECOVERY

Conhece o Asset Air, a solução de Disaster Recovery as a Service criada pela Asset IT.

Artigos Recentes

BACKUP AS A SERVICE

Conhece o Asset Air, a solução de Backup as a Service desenvolvida pela Asset IT.